22/01/2016

O advogado especialista em Energia e Petróleo e professor da Fundação Dom Cabral, Cláudio Pinho emite opinião para a Folha de São Paulo.

[Clipping] [Notícias]

O Conselho Nacional de Política Energética editou a Resolução nº 01/2016, determinando que a ANP não altere o critério de cálculo dos royalties do Petróleo. O advogado especialista em Energia e Petróleo e professor da Fundação Dom Cabral, Cláudio Pinho fala sobre o tema.

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1732398-governo-proibe-anp-de-rever-royalties-enquanto-petroleo-estiver-abaixo-de-us-50.shtml

Fonte: Folha de São Paulo

Veja também

Posse do novo Presidente do TRF/MG

No dia 8 de junho, o Desembargador Rogério Medeiros tomou posse no TRE/MG. O Instituto dos Advogados Brasileiros foi representado …

Veja mais »

Ativismo judicial e o STF

Cláudio A. Pinho emite opinião para o Jornal Gazeta do Povo “Com casos recentes de ativismo judicial, STF estaria passando …

Veja mais »

Opinião do advogado especialista em Energia e Petróleo e professor da Fundação Dom Cabral, Cláudio Pinho para O Globo.

O Globo digital saiu opinião do advogado especialista em Energia e Petróleo e professor da Fundação Dom Cabral, Cláudio Pinho …

Veja mais »